Blog

Últimas notícias automotivas

Frota São joanense registra aumento de 4%

Mesmo em tempos de crise e recessão a Cidade dos Sinos aumenta o número de emplacamentos

Que o Brasil vive um momento de crise e recessão econômica não é segredo para ninguém. O fato é que o período afetou diversos setores que estão ligados diretamente à economia do país. O automobilístico foi um dos que sentiram na pele, e nas cifras, o efeito do encolhimento econômico. Férias coletivas, demissões nas montadoras e pátios abarrotados de veículos novos, puderam ser vistos no decorrer do ano.

Em um balanço divulgado pela Fundação Nacional de Veículos Automotores (Fenbrave) as vendas de carros, caminhões e ônibus novos caíram 26,55% em 2015 em relação ao ano anterior, o que significa uma diminuição de cerca de 928.000 unidades de automotores que deixaram de ser emplacados no país. É a primeira vez desde 2008 que o país não vende mais de 3 milhões de unidades.

 

 Frota

Uma alternativa para os Brasileiros passou a ser o mercado de Seminovos e usados. Só para esclarecer a diferença entre as categorias, um carro seminovo tem até três anos de uso, único dono e até 20 mil quilômetros rodados por ano. Acima desse período de tempo o carro passa a ser considerado usado. Mesmo ainda não tendo divulgado o balanço das vendas de carros usados, a Fenabrave acredita que houve crescimento no setor.  

Em São João del-Rei, segundo o site do Departamento Nacional de Trânsito, (DENATRAN) a frota total de veículos em fevereiro de 2016 chegou a 47.868. O montante considera carros, ônibus, caminhões, tratores, caminhonetes, camionetas, ciclomotores, Micro-ônibus, motocicletas, quadriciclos, reboques, semirreboques, sidecars e utilitários.

No mesmo período de 2015, a Cidade dos Sinos, contava com uma frota total de 45.588 veículos, desses 23.812 eram automóveis. O levantamento mais recente aponta que dos atuais 47.868 veículos existentes na cidade, 24.926 são automóveis. Em porcentagem, no decorrer de um ano a frota de carros na cidade aumentou cerca de 4%, indo em contrapartida ao percentual nacional que foi de queda. Desses não se tem um levantamento concreto de quais são novos e quais são usados.

Opinião

Thiago Rodarte Paiva é proprietário de uma concessionária em São João del-Rei. Segundo ele as vendas no ano de 2015 não surpreenderam e o mercado de seminovos e usados foi a grande preferencia dos São-joanenses. “Neste momento de crise o pessoal fica com medo de investir. Antes se o comprador tinha R$ 30 mil reais ele optava por comprar um carro novo e financiar o restante. Hoje se o mesmo comprador tem o valor em mãos ele prefere comprar um seminovo e à vista”, comentou Paiva.

Ainda de acordo como proprietário da Rodarte Veículos, a expectativa para 2016 é que o movimento no setor continue nos mesmos parâmetros de 2015 uma vez que a venda de carros novos no setor caiu cerca de 30%. 


Posts Recentes

Ruas de São João: Riscos e Cuidados para o seu bibi

O centro histórico da cidade com seu calçamento irregular exige cuidado redobrado dos motoristas.

Semáforo: sinônimo de organização e proteção no trânsito

Recentemente a Avenida Sete de Setembro e a Rua Aureliano Pimentel tiveram os seus equipamentos desligados causando caos nas ruas da região.

Frota São joanense registra aumento de 4%

Mesmo em tempos de crise e recessão a Cidade dos Sinos aumenta o número de emplacamentos

Número de veículos em São João del Rei cresceu 5% em um ano

Quantidade de veículos nas ruas são-joanenses continua aumentando

O Meu Bibi evoluiu

Versão 2.1 traz muitas novidades

>
scroll up